• ECAPE

O que é plantio direto?


O plantio direto é um método de manejo baseado no revolvimento mínimo dos solos, mantendo-o com cobertura e diversificação de culturas.


O sistema de plantio direto (SPD) não há revolvimento do solo por arados ou grades, além de preconizar pela formação de palhada e rotação de culturas.


Veio a ser introduzido no Brasil a partir da década de 1970, inspirado em modelos europeus e norte-americanos.


Princípios do sistema de plantio direto:

Mínimo revolvimento do solo

Manutenção do solo coberto Rotação das culturas

Para que o revolvimento do solo seja mínimo, a prática é que apenas o solo na linha de semeadura seja mobilizado, mantendo a manutenção do solo coberto, seja por meio de palhada ou plantas vivas que deve ser durante o ano todo, sempre que possível diversificando as culturas,sistemas de rotação, sucessão e/ou consorciação.


Como o plantio direto contribui para o solo?



A conservação da palhada evita a destruição mecânica dos agregados do solo pela chuva e o arraste de terra provocado pelas enxurradas, resultado de processos erosivos.


Se a camada de solo superficial não é levada pelas erosões, ela consequentemente armazenará mais nutrientes, fertilizantes e corretivos quando comparados com o manejo convencional.

Além disso, o não revolvimento do solo favorece com as populações de ciclo biológico longo, como consumidores de palha, inimigos naturais, corós, grilos e cupins.

Com o não revolvimento as raízes das plantas de safras anteriores se decompõem e se transformam em resíduos orgânicos, liberando nutrientes de forma mais gradual às plantas. A matéria orgânica transforma-se em compostos de alta solubilidade, tal fator associado a menor variação de temperatura propicia o melhor crescimento radicular.


Benefícios do Plantio Direto



–Mantem a temperatura do solo numa faixa favorável para as plantas;


–Reduz da perda de água por evaporação;


–Desacelera o impacto da gota da chuva na superfície do solo, reduzindo com isso as perdas de água e solo por erosão;


–Aumenta a atividade microbiana do solo;


–Melhora a estrutura do solo;


–Redução no desenvolvimento de plantas daninhas;


–Maior retenção de água e facilidade de infiltração no solo;


–Perda de nutrientes por escoamento;


–Evita o assoreamento de rios;


–Auxilia a menor compactação do solo;


–Economia de combustíveis e menor número de operações.

O sistema de plantio direto oferece soluções para os desafios atuais e futuros da agricultura quando o assunto é o aumento das produtividades e maior eficiência do sistema.


Você pensa em começar o cultivo no sistema de plantio direto?



Você deve pensar primeiramente na rotação de culturas a ser utilizada na área, para obter um bom planejamento de palhada.

Se você precisa de ajuda para planejar ou ficou com curiosidades sobre o assunto pode entrar em contato, nós estamos dispostos a ajudar você!

9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo