• ECAPE

Irrigação e seus benefícios na citricultura e na produtividade

Em grande parte do território brasileiro, o volume anual pluviométrico é insuficiente para atender as necessidades das plantas cítricas. A distribuição irregular das chuvas propicia a ocorrência de longos períodos de déficit hídrico no solo e, consequentemente, o estresse hídrico às plantas, gerando grandes quebras de produção.

Considerando o mercado da região sul, onde predomina o fruto in natura, a qualidade é de extrema importância pois isso dará maiores retornos financeiros aos produtores. A irrigação pode contribuir para melhoria da produtividade e aumentar a qualidade da produção local. Mesmo sendo algo raro de se encontrar na região sul, a irrigação é um caminho para se solucionar esses problemas.

A tecnologia de irrigação é utilizada para produzir um aumento na produtividade e a qualidade dos frutos e devem deve seguir alguns critérios técnicos. Um projeto de irrigação bem elaborado deve considerar situações críticas, que não ocorrem no dia-a-dia do citricultor.

Deve-se levar em consideração a quantidade de água a ser aplicada, esta não pode ser limitada a valores fixos, mas a água torna-se dependente de parâmetros da planta, do solo e do clima. Também os diferentes métodos e sistemas de irrigação, as necessidades hídricas e alguns métodos de manejo de irrigação são apresentados para a citricultura. Entre as técnicas para dar suporte ao aumento da produção, são dadas orientações para fertirrigação da cultura, no que diz respeito à necessidade de nutrientes, época de aplicação e avaliação das concentrações do fertilizante.

(Fonte: EMBRAPA 2000).

Diante disso, a ECAPE realiza projetos de irrigação e elaborados para a cultura de citros.




8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo