• ECAPE

Desenvolvimento da produção de frutas em sistemas Agroflorestais

- Definição do sistema agroflorestal:

Bem como o nome já diz, a agrofloresta é a nomenclatura de um coletivo de todos os sistemas e práticas do uso das terras onde se é trabalhado, em uma mesma área de manejo, diversos cultivos agrícolas, com manejo adequado de práticas agrícolas e integrado com a sustentabilidade ecológica e econômica. Quando a terra é usada para a diversificação de produção, não apenas um monocultivo, a produção tende a explorar um potencial maior do ambiente, tanto vegetal quanto animal. É nesse sistema ecológico que as árvores desempenham várias funções, sendo uma delas a de produção; um grande exemplo é o uso das frutíferas inseridas nesse sistema, o qual solidifica o ambiente mais sustentável e prático.

Essa estratégia não está restrita a uma função, as práticas agroflorestais favorecem determinados papéis que as árvores cumprem, como a ciclagem de nutrientes, proteção da camada arável do solo, barreiras vegetais contra ventos e organismos indesejados, entre outros. Torna-se para a agricultura brasileira como um todo, em especial a fruticultura, um grande avanço na direção da sustentabilidade. Os sistemas agroflorestais têm sido classificados de diferentes maneiras: de acordo com sua estrutura espacial, arranjo no tempo, importância relativa e função dos diferentes componentes, objetivos da produção e características socioeconômicas predominantes.


- Quais sistemas podemos trabalhar com a fruticultura?

Existem diversos sistemas de produção dentro do cultivo em agrofloresta. Porém, é necessário avaliar vários aspectos para sua implantação e levar em conta a realidade que a sua região está situada. Dentro dos critérios para a escolha de espécies frutíferas para comporem os sistemas florestais, devemos considerar a interação entre as espécies, sustentabilidade econômica, impacto sobre a mão-de-obra familiar, variedades, métodos de propagação, manejo, espaçamento, distância de mercado, logística de transporte e finalidade da produção, e para isso é imprescindível que se considere as perspectivas e mercado para as frutas que serão produzidas.

Deste modo, no planejamento agroflorestal é necessário responder aos seguintes questionamentos:

1 - É possível a implantação de um sistema agroflorestal na área ?

2 - Quais os problemas a resolver ?

3 - Quais as suas prioridades ?

4 - Quais espécies podem ser plantadas, pelas características da área, meios de

transporte e distância do mercado consumidor?

5 - Quais as práticas adequadas a manejar ?

6 - Há mão-de-obra no local ou próxima do empreendimento?

7 - Como preparar o roteiro e os arranjos, com avaliação do sistema a ser implantado?


- Onde a fruticultura se encaixa?

Nos sistemas de cultivo da fruticultura atual, trabalha-se com retornos a longo prazo, e o auxílio da diversificação da área traz um recurso econômico maior dentro da propriedade, visto que o custo do sistema de implantação é elevado no início.


- Qual seu papel econômico ao produtor?

Nesse consórcio, e no período de desenvolvimento do pomar, o produtor terá em sua área possibilidades rentáveis de produzir em um mesmo espaço, beneficiando-se dessas áreas vazias para a implantação de outras culturas de menor porte. Trazendo assim, um maior fluxo de saída dos produtos e um maior retorno econômico do espaço, considerando os investimentos a longo prazo da fruticultura.


Material para mais leituras:

https://ruralpecuaria.com.br/tecnologia-e-manejo/agricultura/embrapa-desenvolve-novo-sistema-de-producao-de-agricultura-integrada-fruticultura-integrada-com-lavouras-e-hortalicas.html





7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo